quinta-feira, setembro 18, 2008

Qualquer dia é mais fácil perceber a Bolsa do que entender o Parlamento


Ontem:
A lei do divórcio foi aprovada há 3 meses, merecendo o voto favorável de sete deputados do PSD. Hoje, depois do seu texto ter sido vetado por Cavaco Silva e do PS não ter mexido no diploma a não ser para “clarificar” um ponto, onze deputados do PSD votaram favoravelmente a lei.
(Via Pedro Sales no Arrastão)

Hoje:
Na discussão da proposta de código de trabalho apresentada pelo PS, Arménio Santos, deputado do PSD e sindicalista, acusa o governo de neoliberalismo.
(Via Metrografismos)

[E o execrável Pais Antunes, PSD e ex braço armado de Bagão Félix criticou o PS, dizendo que o código era severo demais para os trabalhadores.]

Qualquer dia fica mais fácil perceber a Bolsa do que entender o Parlamento...

(Ou até adivinhar quando é que os combustíveis vão descer.)

2 comentários:

André disse...

;)

que deus me acuda disse...

O mais provável é ensandecermos (o que ainda não estivermos).